iam ser 9.

Há muita coisa que ficou por dizer, por falar, pois sempre que queria falar, um imprevisto me fazia esquecer, então por isso mesmo decidi escrever. Realmente de tantas coisas que são nem sei por onde começar, mas sei que em muitas que não quis ver,  hoje sei que  no fundo sempre tive razão. Não sei. Não sei por onde desenrolar este monologo, mas talvez seja bom começar por realçar, que sim foste importante, e que sim aprendi imensas coisas contigo e orgulho-me disso, orgulho-me que mesmo de cabeça dura fui capaz de ceder e deixar me aprender, e arranjar maneira de melhorar o meu ser. Foste em grande parte a razão desse acontecer, ensinas-te me a ouvir, ensinas-te me a não desistir (mesmo que até hoje, aches que eu não provei nada disso, que desisti de coisas, de ti – mas para frente irás ver que não), ensinaste-me que uma relação não é só passear de mãos dadas, e ser amável. É saber dizer que ‘não ta certo’ quando é preciso, é saber alertar sobre outras situações que nos rodeiam quando nós não queremos ver, fazer nos ouvir pelo nosso parceiro, é fazer com nós  nos possamos descobrir, pelo simples olhar de: como quem ama e vê e não como quem ama e teme perder. Fizeste-me sentir tua mulher quando me apresentas-te as pessoas mais chegadas a ti. Fazia-me sentir bem quando chegava perto da tua porta e saltava para cima de mim, ao pulos cheia de alegria a “nossa filha”, e como ela ja me reconhecia. Tu fizeste-me bem, eras o meu remédio que curava todos os meus males, – mas pelos vistos o teu prazo de validade expirou. E chegamos onde eu queria, o teu prazo? acabou. Eu tentei-te conservar, durante algum tempo, segurei-te bem para não partires, mas a pressão foi muita e bastou um desviar de olhar e puff e num segundo tu partis-te. Partiste depois de tudo o que eu tinha de dado, fizeste-me me mostrar quem eu era, a minha fragilidade, mas depois já não quiseste saber. Ainda quiseste brincar com os meus sentimentos, achando sempre que eras o ‘sr. sabe tudo’, but guess what: eu sou forte, o choro não me faz ser fragil, faz-me ser forte por ter coragem de mostrar que tenho dois lados, sou forte porque consigo passar dia após dia do teu lado, vendo tudo o que fazes e sigo de cabeça erguida. Eu cai, e deixei-me tar lá por uns tempos, não sei se posso dizer se já consigo dizer que já estou de pé novamente, mas hoje sei que se me ofereceres a tua mão eu não terei problema em aceitar a tua ajuda, sei que no minuto que tiver de pé vou te dizer ‘obrigada🙂’ e vou estar pronta para seguir, e não olharei para trás. Eu não desisti de ti, apenas concedite o desejo, de seres livre e descomprometido e voltares a tua vida de bandido. Não estou zangada, não estou revoltada, apenas deixei-te ir. Sempre ouvi dizer que se deixarmos as coisas irem por sua própria vontade, e se um dia elas retornarei  é porque sempre foram nossas, senão é porque foi ilusão nossa. Eu resolvi arriscar. Fiz bem? vais voltar? é apenas um tempo? vais chegar a tempo de perceberes que era eu quem querias, que o resto era fantasia? – era nestas alturas que desejava que isto fosse um dialogo, eu não sei as respostas, mas eu arrisquei.- E agora que estamos a chegar ao fim, eu quero dizer: eu vou ficar bem, não quero mais ninguém, quero ser feliz, contigo ou sem ti. já não quero ouvir falinhas mansas,  mas estou extremamente cansada de meninos, quero maturidade (essa que temo que já a perdes-te), não quero mais que me tentem a tirar areia para os olhos, eu vejo (in)felizmente bem demais o que se passa ao meu redor, volta se me quiseres para tempo inteiro que não sou part-time de ninguém, de beijo aqui e ali e depois é ‘segue a tua vida’, se um dia fui hoje já não sou mais. De ti não falarei mal, mas não te elogiarei (ñ te iludas), mas vou te defender se for preciso, de mim fala o que quiseres. Eu não me esqueci de ti, mas tu de mim. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s