1 # (L)

Pega-me, se eu tiver a falar, faz-me com que me cale!  se teimar em falar, agarra-me e deita-me na cama, põe o teu corpo por cima do meu, põe-me quente. tira a minha roupa eu tiro-te a tua. deixa-te estar por cima, pele com pele, ve como ja mordo o labio e te cravo as unhas nos braços, e nas costas. continua a tocar-me suavemente como sabes, morde-me e beija-me em cada cm do meu corpo. passa-me os dedos pelo corpo molhado, morde-me puxa-me agarra-me possui-me, leva-me contigo. a onde? onde quiseres, ir. vamos? eu estou pronta, avança. mas continua a ser gentil. a viagem esta-me a por a termer, mas não é medo. é ansiedade e curiosidade por saber onde me queres levar. ja estamos a caminho, o caminho é longo mas depressa chegamos lá, os teus labios tão colados aos meus, e eu sinto algo mas não sei como explicar, sei que já ultrupassamos este mundo, e outro mais proximo. deixei de tremer, sinto-me bem, os teus braços mantem-me segura. neste momento as duvidas acabaram, neste momento eu sei que és tu quem eu quero, neste momento somos donos do universo,  neste momento eu sinto-me preparada para dizer as palavras magicas (..) eu disse-te ouvis-te? ja voltamos ao ponto de partida. agora fica comigo mais uns instantes deixa-me recuperar as forças, o folego. Partir de agora não duvides, de nada que partilhamos, porque o nosso sentimento atravessou as barreiras do tempo, e da atmosfera.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s